Perceber que seu filho está viciado em drogas é um dos maiores temores da vida de um pai. O medo da dependência e dos riscos que um dependente se submete fazem com que muitos percam o sono e fiquem angustiados. E o pior é não saber como ajudar ou mesmo ter certeza do que está se passando na vida do seu próprio filho. Se você suspeita de que ele usa drogas e quer saber se ele está viciado ou não, veja alguns sinais que podem ser fortes indícios.

Mudança de interesses

Seu filho sempre gostou de algum hobby, como jogar bola, xadrez, ler ou estudar, certo? Mas se as atividades que ele gostava de fazer foram negligenciadas e ele mudou de preferências de forma radical, esse pode ser um primeiro sinal que seu filho está viciado em drogas. Mas não é porque ele desistiu de alguma atividade que você precisa se preocupar. Verifique se a desistência aconteceu com motivo ou se foi substituída por outro hobby. Caso ele tenha apenas abandonado, é bom ficar atento!

Agressividade excessiva

Se seu filho estiver usando drogas, ele provavelmente vai fazer isso escondido. Essa tentativa de ocultar “uma nova vida” pode fazer com que ele fique agressivo ou mude seu comportamento. Repare se ele está se relacionando de forma mais hostil e anda respondendo você e outras pessoas agressivamente.

Troca de amigos

Estamos sempre fazendo novas amizades, mas sempre temos ao nosso lado aqueles que nos acompanham por um período maior, não é? Um bom indicativo da dependência química pode ser uma mudança grande no grupo de amigos, negligenciando ou até mesmo rompendo laços com os mais antigos.

Para acompanhar melhor o que está acontecendo, uma boa dica é convidar os amigos do seu filho para estarem sempre na sua casa, assim você consegue ter uma noção de como são e o que fazem quando estão juntos. Você também pode se oferecer para levá-lo  ou buscá-lo em algum lugar eventualmente, podendo observar onde ele frequenta e até mesmo conversar com outros pais.

Gasto maior do que o habitual

Se o dinheiro não dura nada na mão do seu filho, é bom redobrar os cuidados. Como é usual, os dependentes precisam sustentar o vício e isso envolve dinheiro. Um grande indício é se o seu filho pede mais dinheiro do que pedia antes ou se os gastos não são normais para sua idade e círculo social. Fique atento se ele está se desfazendo de itens pessoais ou da casa, principalmente objetos dos quais gostava muito antes. Isso também podem ser um sinal do vício.

Hábito alimentar alterado

Um jovem muda muito sobre o que gosta ou não de comer, mas a droga também pode ter um papel influenciador na mudança de apetite ou até mesmo na rotina alimentar. A maconha, por exemplo, é conhecida por aumentar consideravelmente a fome. Cada droga pode ter uma reação diferente, portanto, é importante se informar melhor sobre o assunto e sempre observar seu filho.

Como você pode ver, com algumas dicas é possível perceber com mais clareza se seu filho está viciado em drogas ou não. Caso esteja, se prepare para lidar com a situação e ajudá-lo a superar o vício, direcionando-o ao melhor tratamento.

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Viver sem Drogas para conversarmos mais! Contatos:

Duvidas:
(11)2088-1909
(11)97522-6386 VIVO WHATSAPP
(11)95997-7546 TIM
(11)99199-2029 CLARO
(11)96230-9281 OI
(11)94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: www.viversemdroga.com.br

Saiba mais sobre:

*Como funciona uma Clínica de Recuperação? Clicando Aqui

*Internação Involuntária. Clicando Aqui