Tratamento de drogas: como aviso a minha família que preciso me internar?

10 minutos para ler
Compartilhe este conteúdo

Só quem enfrenta a luta diária da dependência química sabe o quanto é difícil começar um tratamento de drogas! Afinal, quase sempre, a pessoa só percebe a necessidade de se internar e aceita isso quando atinge um quadro mais crítico. Ou seja, é muito comum, especialmente entre os jovens, iniciar o uso de drogas e achar normal e divertida essa prática. 

No entanto, só o tempo poderá mostrar que essa atitude não contribui em nada e só prejudica a sua saúde, a sua vida social e ainda pode machucar muito sua família. 

Sendo assim, confira este post e entenda a importância de buscar um tratamento de drogas com uma instituição especializada o quanto antes. Boa leitura e que ela sirva de incentivo para a sua mudança de vida!

Confira alguns fatores importantes para buscar um tratamento de drogas 

A seguir, separamos alguns passos fundamentais que tanto o dependente químico, como os familiares devem seguir para buscar um tratamento de drogas eficiente e capaz de trazer a vida normal de volta ao paciente. Vamos conferir? 

Jamais abandone a família 

Esse fator é fundamental e o papel dos parentes, especialmente os pais, é essencial para se alcançar algum objetivo positivo nessa luta. Afinal, o primeiro porto seguro que o paciente busca é justamente a família e essa deve corresponder com compaixão, amor e carinho ao tentar achar uma solução para o problema. 

Por isso, jamais desista do caso, busque conversar e orientar sobre a situação, mostre-se disposto a mudar e sempre trabalhem juntos em todas as etapas do tratamento de drogas. 

Busque por atividades saudáveis 

É muito importante tentar ocupar o tempo com atividades saudáveis e que distancie você do mundo das drogas e de amizades que não levam a nada. Então, não hesite em entrar em uma associação de esporte, um clube, tentar encontrar gente diferente, trabalhos voluntários, leituras, viagens etc.  

Use as redes sociais a seu favor, participe de grupos e fóruns específicos e se apresente a novas pessoas que possam somar e contribuir com sua ressocialização. 

Procure uma clínica de reabilitação 

Você está procurando uma boa clinica? Clique aqui. Se deseja conversar diretamente com um terapeuta sobre clinicas Clique aqui.

Pesquise sobre clínicas especializadas em sua região e conheça o trabalho delas. Há muitas rodas de conversas, palestras e bate-papos dos quais você pode participar acompanhado de algum familiar para entender como funcionam os tratamentos. Aliás, os resultados podem ser ainda melhores quando a internação é voluntária e consciente. Essas instituições sempre são o melhor caminho para a recuperação da dependência química. 

Conheça os 3 Cs dos familiares de dependentes químicos 

Além das dicas acima, é muito importante que os familiares conheçam os 3 Cs comuns na casa de um dependente: (1) eu não Causei isso, (2) eu não posso Controlar isso e (3) eu não sei Curar isso. 

Relacionados:  Conheça 5 Grupos de Apoio aos pais de Dependentes Químicos!

Esses três pensamentos são muito comuns e precisam ser trabalhados em conjunto. Quando toda a família se conscientiza disso, fica mais fácil de entenderem o grau da situação e buscarem alternativas realmente inteligentes e eficazes para um tratamento de drogas. 

Enfim, essas são algumas dicas fundamentais para quem já reconhece a necessidade de um tratamento de drogas e não sabe ainda onde recorrer. Lembre-se que, se você já tem essa noção de é importante buscar ajuda, já está em um nível muito vantajoso do que aqueles que não aceitam! Sendo assim, se apoie na família, se informe sobre terapias e participe de atividades de uma clínica de reabilitação. Temos certeza que sua vida vai melhorar e você conseguirá passar de etapa com fé e perseverança! 

Quer começar a mudança agora? Então, converse com um de nossos especialistas e se oriente melhor sobre como funciona um tratamento de drogas na prática e saiba como iniciar! 

Tratamento de drogas: como comunico minha família que preciso ser internado?

Só quem enfrenta a luta diária da dependência química sabe o quanto é difícil começar um tratamento de drogas! Afinal, quase sempre, a pessoa só percebe a necessidade de se internar e aceita isso quando atinge um quadro mais crítico. Ou seja, é muito comum, especialmente entre os jovens, iniciar o uso de drogas e achar essa prática normal e divertida.  

No entanto, só o tempo poderá mostrar que essa atitude não contribui em nada e só prejudica sua saúde e vida social e ainda pode machucar muito sua família.  

Sendo assim, confira este post e entenda a importância de buscar um tratamento de drogas com uma instituição especializada o quanto antes. Desejamos uma boa leitura e que ela sirva de incentivo para sua mudança de vida! 

Quais são alguns dos fatores importantes para buscar um tratamento de drogas? 

Separamos alguns passos fundamentais que tanto o dependente químico como os familiares devem seguir para buscar um tratamento de drogas eficiente e capaz de trazer a vida normal de volta ao paciente. Vamos conferir?  

Jamais abandone a família  

Esse fator é fundamental, e o papel dos parentes, especialmente os pais, é essencial para se alcançar algum objetivo positivo nessa luta. Afinal, o primeiro porto seguro que o paciente busca é justamente a família, que deve corresponder com compaixão, amor e carinho ao tentar achar uma solução para o problema.  

Por isso, jamais desista do caso, busque conversar e orientar sobre a situação, mostre-se disposto a mudar e sempre trabalhem juntos em todas as etapas do tratamento de drogas.  

Busque realizar atividades saudáveis  

É muito importante tentar ocupar o tempo com atividades saudáveis e que distanciam você do mundo das drogas e de amizades que não levam a nada. Então, não hesite em entrar em uma associação de esporte, um clube, encontrar gente diferente, trabalhos voluntários, leituras, viagens etc.   

Relacionados:  Remédio para abstinência: como lidar com o surgimento dela?

Use as redes sociais a seu favor, participe de grupos e fóruns específicos e apresente-se a novas pessoas que possam somar e contribuir com sua ressocialização.  

Procure uma clínica de reabilitação  

Pesquise sobre clínicas especializadas em sua região e conheça o trabalho delas. Há muitas rodas de conversas, palestras e bate-papos dos quais você pode participar, acompanhado de algum familiar, para entender como funcionam os tratamentos. Aliás, os resultados podem ser ainda melhores quando a internação é voluntária e consciente. Essas instituições sempre são o melhor caminho para a recuperação da dependência química.  

Como devo abordar o assunto com minha família? 

Sabemos que o tratamento de drogas é um assunto delicado e que depende de quebrar barreiras e preconceitos dos familiares. Muitas vezes, o usuário demora ou nem consegue concluir o seu pedido de ajuda, justamente por medo de uma retaliação ou reprovação dos familiares. 

Porém, é preciso contar, a todo custo, com esse suporte dos parentes, já que são as pessoas mais próximas e com maior afeto para compreender e ajudar sua situação. 

Para facilitar esse processo e conseguir abordar o assunto de uma forma mais eficiente, nós destacamos algumas dicas de como você deve chegar e começar. Vamos conferir?

Deixe o medo para trás 

Como resumimos, a sensação de medo é normal nesse momento, porém você precisa vencê-la e ser mais forte do que nunca. Lembre-se de que a sua saúde e sua vida estão em jogo, e a salvação pode ter início com a ajuda de quem mais ama você.

Portanto, esteja pronto para contar a verdade e pedir ajuda aos parentes. Mostre-se disposto a mudar de verdade e que precisa de conforto e incentivo de pessoas próximas. Chorar, sentir-se envergonhado, arrependido e triste pode ser uma parte do processo, mas, com certeza, tudo há de passar ao tirar esse enorme peso das costas e receber os familiares de braços abertos. 

Não minta ou se envergonhe 

Você quer mudar de fato? Então, comece pela verdade! Sua família é a sua maior segurança, e não cabe mentir ou minimizar suas atitudes por vergonha ou medo. Assuma a situação e mostre-se disposto a mudar de vez, sem precisar prender-se ao passado escuro e triste. 

O que aconteceu foi real, mas pode ser uma página virada em sua vida. Basta você acreditar, jogar aberto e jamais esconder algo de quem mais ama e está disposto a ajudar você por meio de um tratamento de drogas. 

Relacionados:  Internação psiquiátrica causada pelas drogas: saiba como proceder

Esteja certo e confiante 

Sabemos que a dependência química mexe com o emocional das pessoas, mas você precisa estar confiante de que quer e vai conseguir mudar. Aproveite aqueles dias em que se sente melhor e mais disposto a uma mudança real para tomar as melhores decisões de sua vida. 

Acorde com esse projeto na mente, conte com o apoio de quem mais confia e dê início a uma nova rotina o quanto antes. 

Não se culpe por nada 

Entenda que a dependência química é uma doença e que ninguém escolhe estar nessa situação. Você pode ter tido momentos de fraqueza, mas temos certeza de que é capaz de virar o jogo. Sua família é seu principal porto seguro e, quando compreenderem sua força de vontade e sua disposição para a mudança, certamente o apoiarão nessa luta. 

Não perca a paciência ou desista 

Se você não tiver a aprovação esperada da sua família, não desanime e muito menos desista da batalha. Alguns parentes podem ter dificuldades para entender a situação ou, até mesmo, estar muito sentidos emocionalmente com tudo isso. Cabe a você ser ainda mais forte e jamais entrar em um embate sobre esse assunto. Dê mais tempo ao tempo e busque alternativa, como amigos confiáveis, grupos de apoio e clínicas de reabilitação

Quais são os 3 Cs dos familiares de dependentes químicos? 

Além das dicas dadas, é muito importante que os familiares conheçam os 3 Cs comuns na casa de um dependente: (1) eu não Causei isso, (2) eu não posso Controlar isso e (3) eu não sei Curar isso.  

Esses três pensamentos são muito comuns e precisam ser trabalhados em conjunto. Quando toda a família conscientiza-se disso, fica mais fácil de entenderem o grau da situação e buscarem alternativas realmente inteligentes e eficazes para um tratamento de drogas.  

Enfim, essas são algumas dicas fundamentais para quem já reconhece a necessidade de um tratamento de drogas e não sabe ainda a que recorrer. Lembre-se de que, se você já tem essa noção da importância de buscar ajuda, já está em um nível muito vantajoso em relação àqueles que não aceitam! Sendo assim, apoie-se na família, informe-se sobre terapias e participe de atividades de uma clínica de reabilitação. Temos certeza de que sua vida vai melhorar e que você conseguirá passar de etapa com fé e perseverança!  

Quer começar a mudança agora? Então, converse com um de nossos especialistas e oriente-se melhor sobre como funciona um tratamento de drogas na prática e saiba como iniciar! 


CLIQUE NA FOTO E RECEBA SEU E-BOOK GRATUITO!


Compartilhe este conteúdo
Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas.

Duvidas:

(11) 2088-1909

(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP Clique aqui.

(11) 95997-7546 TIM

(11) 99199-2029 CLARO

(11) 94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: https://www.viversemdroga.com.br/

Você também pode gostar
Conversar com especialista