Remédio para abstinência: como lidar com o surgimento dela?

6 minutos para ler
Compartilhe este conteúdo

Tratar a dependência química é uma barreira enorme para muitas pessoas. Porém, aqueles que conseguem começar esse processo ainda encontram outro problema pela frente: os sintomas causados no organismo pela falta do uso das drogas.

Justamente por isso, preparamos este post, mostrando que existe remédio para abstinência de droga, assim como explicando mais a fundo alguns detalhes sobre o assunto.

Se você ou alguém da sua família quer tratar algum vício, seja de drogas lícitas ou ilícitas, preste muita atenção e saiba como conseguir passar por essa difícil fase de privação. Vamos começar?

Quanto tempo dura uma crise de abstinência?

Cada organismo reage de uma forma, tanto para o consumo de drogas, como para as sensações ocasionadas pela abstinência. No entanto, como uma média geral, podemos considerar que essas crises duram entre 4 e 15 dias, mas podem prolongar-se em casos mais críticos.

A abstinência costuma aparecer nas primeiras etapas de um tratamento de dependência química, logo quando o usuário para de usar. Sem dúvidas, é um processo difícil e requer uma atenção especial da clínica de reabilitação e, principalmente, da família.

Há casos de descontroles emocionais, depressão e, até mesmo, tentativas de suicídio. Por isso, para cada caso, é preciso ter a indicação de um remédio para abstinência de droga ideal para reduzir essas sensações. Explicaremos melhor mais à frente!

Por que as crises de abstinência acontecem?

Usar determinada droga continuamente é, evidentemente, um sinal de dependência química. Isso é considerado uma doença crônica e, infelizmente, sem cura. No entanto, existem diversos tratamentos muito eficazes para contribuir no tratamento a curto, médio e longo prazos.

Relacionados:  Internação em clínica de recuperação ou grupos de apoio? Saiba as diferenças!

A primeira fase do tratamento é a desintoxicação do organismo. Elimina-se repentinamente o uso da droga. É natural que o corpo sinta falta daquela substância e apresente quadros de ansiedade e impulsividade para tentar acabar com a vontade de se entorpecer.

Quais são os principais remédios para abstinência?

Antes de qualquer coisa, é imprescindível que qualquer tratamento seja realizado por meio de uma clínica de reabilitação, com equipes capacitadas para acompanhar cada caso. Jamais tente indicar um remédio para abstinência de droga sem a consulta prévia de um profissional da saúde.

Você está procurando uma boa clinica? Clique aqui. Se deseja conversar diretamente com um terapeuta sobre clinicas Clique aqui.

Cometer esse tipo de erro traz ainda mais riscos para o paciente e, inclusive, agrava seu quadro. Por isso, separamos uma lista de medicamentos que são comumente utilizados em tratamentos e servem como fonte de informação e conhecimento para você. Vale lembrar-se de que é indispensável a opinião e ajuda médica. Confira!

Maconha

Um estudo indicou que 12% dos usuários constantes de cannabis apresentaram sintomas de abstinência ao interromperem o consumo da droga. Os sinais são parecidos com os causados pela abstenção do cigarro. Os principais são:

  • nervosismo;
  • ansiedade;
  • insônia;
  • depressão;
  • dor de cabeça;
  • tremores;
  • sudorese.

Por isso, um dos principais remédios indicados nesses casos é a fluoxetina. Por ser antidepressivo, é empregado para administrar a depressão, a ansiedade e o estresse. Outro medicamento que também ajuda no controle dos sintomas da abstinência de maconha é o cloridrato de buspirona.

Cocaína

O uso de cocaína causa sensações de euforia e entusiasmo fora do comum. Quanto mais tempo usando, menos efeito a droga faz e mais dependência ela causa. Ao se afastar da substância, o dependente apresentará os seguintes sintomas:

  • irritação;
  • atraso das capacidades cognitivas e motoras;
  • ansiedade;
  • depressão;
  • pensamentos suicidas, em alguns casos;
  • incapacidade de sentir prazer;
  • aumento do apetite;
  • convulsões, em alguns casos.
Relacionados:  O que é o Ecstasy?

Nesses casos, dois medicamentos comumente recomendados são o topiramato e o pergolide. O primeiro controla convulsões e reduz a hiperexcitabilidade das células nervosas; o segundo ajuda a restaurar em parte as capacidades cognitivas e motoras.

Heroína

A heroína é uma droga altamente viciante. Por isso, os sinais de abstinência também são intensos e variados. Entre os principais que podemos citar, estão:

  • alucinações;
  • dores de cabeça;
  • tonturas;
  • vômitos;
  • convulsões;
  • inquietação;
  • contrações musculares.

Os medicamentos mais conhecidos no tratamento da abstinência de heroína são metadona e buprenorfina. A metadona, por exemplo, é um opioide mais fraco que ameniza os sintomas de abstenção da droga.

Crack

O crack é uma das drogas mais nocivas e destrutivas que existe. Seu efeito é extremamente rápido, o que faz com que os dependentes consumam a substância quase que ininterruptamente. O vício causa perdas cognitivas significativas. Os sintomas da abstinência mais comuns nesses casos são:

  • fissura, vontade alucinada de usar a droga;
  • ansiedade;
  • obsessão.

O crack é uma variável da cocaína, por isso, o topiramato também é indicado no tratamento dessa abstinência. Outro medicamento recomendado é o modafinil, que aumenta a concentração e a capacidade cognitiva.

Existem remédios naturais para abstinência?

Existem algumas alternativas naturais que também são usadas por alguns para inibir a vontade de usar substâncias viciantes. Um exemplo é o chá de angélica, planta comum na Europa e muito eficiente para ajudar no controle da ansiedade e depressão.

O girassol mexicano é um potente remédio para abstinência, totalmente natural. Seus princípios agem no organismo e conseguem reduzir, significativamente, as crises de abstinência de drogas, como o álcool e o tabaco.

No Brasil, existem, também, os Centros de Atenção Psicossocial, conhecidos como CAPS, onde o acompanhamento do dependente é feito por um profissional psiquiátrico. Lá, o dependente assistido tem acesso gratuito a muitos medicamentos que controlam a abstinência. Contudo, é preciso que ele crie Planos de Prevenção à Recaída.

Relacionados:  Você sabe qual é a força dos Doze Passos?

É sempre importante ressaltar que tudo isso serve como fonte de informação. Entender o que é dependência química e que ela é uma doença sem cura, assim como as causas e os tratamentos, é o primeiro passo para o tratamento.

No entanto, a medicação é só umas das fases de um processo longo, demorado e contínuo. Sendo assim, antes de usar um remédio para abstinência de droga, é importante que busque ajuda profissional e uma clínica de reabilitação de confiança.

     

Tem algum caso de dependência química na sua família e gostou deste post? A Viver sem Drogas ajuda você a encontrar a clínica de reabilitação certa! Entre em contato por algum dos telefones a seguir!
Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas.

Duvidas:
(11) 2088-1909
(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP
(11) 95997-7546 TIM
(11) 99199-2029 CLARO
(11) 94262-3311 NEXTEL

Site Oficial:  www.viversemdroga.com.br


Compartilhe este conteúdo
Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas.

Duvidas:

(11) 2088-1909

(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP Clique aqui.

(11) 95997-7546 TIM

(11) 99199-2029 CLARO

(11) 94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: https://www.viversemdroga.com.br/

Você também pode gostar
Conversar com especialista