Por que alguns jogadores de futebol usam drogas? Pergunta interessante, visto que astros do futebol como Diego Maradona, Claudio Caniggia, Adrian Mutu, Casagrande, Dinei, entre tantos outros se tornaram dependentes químicos, mesmo trabalhando em uma profissão ligada à saúde.  

Diversos atletas viram suas carreiras serem prejudicadas ou comprometidas devido ao uso dos entorpecentes. Alguns foram descobertos a partir de exames antidoping ou por terem perdido o controle sobre suas vidas.

Conheça agora os motivos que levam os atletas a enfrentar um adversário tão difícil. 

Por que alguns jogadores de futebol usam drogas? 

Geralmente, os atletas vêm de periferias, de famílias desestruturadas, já tiveram contato com as drogas ou não têm estrutura psicológica. Então, quando são contratados pelos clubes de futebol, encontram um mundo de sonhos e de possibilidades. Muitos recebem um salário que fazia parte apenas da imaginação.

Enfrentar a pressão da profissão, a fama e a saudade da família não é fácil. De acordo com o depoimento do jogador Diego Rincón ao site da Uol, os clubes não oferecem preparo psicológico para que os jovens aprendam a lidar com a nova realidade. Dependendo da pessoa, mesmo que ela for requisitada por amigos, mulheres e parentes, depara-se com um vazio interno que permite à droga tomar conta. 

Foi o que aconteceu, também, com Walter Casagrande Júnior, que começou a usar drogas na adolescência. Como na década de 80 não havia exames para identificar a cocaína e a maconha, o vício o acompanhou por muitos anos.

O atleta passou por diversas internações e quase morreu em um acidente de carro até ter o amadurecimento necessário para entender que, mesmo considerando os entorpecentes bons, as substâncias estavam ganhando o jogo por tanto gol contra que ele marcava. 

O que leva os jogadores ao vício?  

Curiosidade é a palavra-chave para que uma pessoa experimente drogas, ainda mais se os amigos também o fazem. Há aqueles que usam para se sentirem mais felizes ou para fugir do tédio.

Muitos também enxergam a droga como uma conduta para se divertir. Porém, não percebem que vão se tornando dependentes químicos e que o vício passa a fazer parte de suas rotinas. 

Existem pessoas que usam vários tipos de drogas ao mesmo tempo. Os efeitos são devastadores não só com as drogas ilícitas, mas também com as lícitas, como álcool e medicamentos.

Mas afinal, por que pessoas usam drogas? Confira os principais motivos.

Depressão 

As pessoas depressivas são mais suscetíveis a se tornarem dependentes químicos porque encontram nas drogas o alívio para o sofrimento emocional (tristeza permanente, falta de esperança e energia, baixa autoestima etc.). Nesses casos, a droga oferece uma satisfação imediata. Porém, ao passar seu efeito, a depressão fica pior. 

Quanto mais depressivas as pessoas ficam, mais se drogam para que os sentimentos de prazer e de satisfação durem. Esse consumo descontrolado não é mais interrompido, mesmo quando o indivíduo percebe o mal que está causando a si mesmo.

Status social 

O consumo de entorpecentes na questão do status social é relativo. Alguns jovens se tornam dependentes químicos por viverem na pobreza, perto dos traficantes, sem vislumbrar um futuro digno.

Outros por verem suas vidas mudarem, como no caso dos jogadores de futebol, e encontrarem um ambiente farto de drogas e de dinheiro para consumi-las. Afinal, o jovem tem a necessidade de ser aceito no meio em que vive, independentemente da condição social. 

Má influência 

Os amigos exercem forte influência para a experimentação e o uso continuado das drogas entre os jovens. Afinal, emitem uma mensagem de valorização, de que são donos da própria vida e se tornam populares em seus grupos sociais. Se o jovem não aceita a condição, fica de fora e é deixado de lado pelos colegas. 

Perdas 

Um jogador de futebol não comemora a vitória em todas as partidas. Esse é um fato recorrente em sua vida, já que em um dia se ganha e no outro se perde.

No entanto, há pessoas que têm dificuldade em absorver as perdas da vida, como a morte de um parente, um emprego, um relacionamento. Essas frustrações tendem a ser compensadas com o uso das drogas, o que não é diferente com um atleta. 

Sucesso 

O sucesso é o objetivo de muitas pessoas, então, imagina para os jogadores que são novos e se tornam figuras públicas? O fato positivo de sua carreira pode se tornar um problema.

A vida do atleta passa a ser vitrine para milhões de pessoas. Privacidade é um momento raro. Com os holofotes direcionados para suas vidas, alguns jogadores não suportam o estresse e encontram nas drogas um refúgio. 

Por que pessoas usam drogas pelos mesmos motivos? 

Ao contrário do que parece, os motivos para fazer uso de drogas podem ser semelhantes. Porém, as razões íntimas são variadas. Cada indivíduo tem uma razão para ter se tornado dependente químico.  

O jogador “A” não usa a cocaína pelo mesmo motivo que o jogador “B” porque a dependência é um fator individual. Deve-se verificar a formação de caráter, a personalidade, o histórico de vida, como a pessoa se comporta em relação às suas emoções e sentimentos, o que a aflige, o ambiente onde vive, entre outros fatores.

Uma pessoa que faz uso de drogas quer transformar uma dor interna que a incomoda. Assim, visa as seguintes condições: 

  • adaptar-se; 

  • relaxar; 

  • fugir do tédio; 

  • se tornar adulta; 

  • rebelar-se; 

  • experimentar. 

Alguns indivíduos consideram a droga uma solução para enfrentar situações difíceis, buscando nela uma força interna que acreditam não existir. No entanto, se deparam com um problema mais complicado que aquele do qual estavam fugindo e que os levaram à dependência química.

Por que alguns jogadores de futebol usam drogas? Se você pensar, é contraditório que atletas que deveriam zelar pela própria saúde (pois seu corpo é ferramenta de trabalho) se entreguem ao vício. Agora, com todas as explicações dadas, é possível entender que o problema é amplo e atinge qualquer classe social ou profissão.  

Somente a ajuda especializada é capaz de encaminhar o profissional para uma vida saudável. A cura de uma diversão antes considerada inocente e que se transformou em uma doença séria exige tratamento adequado. Se você tem dúvidas sobre isso, leia o próximo post e saiba como escolher uma clínica para usuários de drogas. Ou Veja as 12 melhores clinicas de São Paulo clicando Aqui

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Viver sem Drogas para conversarmos mais! Contatos:

Duvidas:
(11)2088-1909
(11)97522-6386 VIVO WHATSAPP
(11)95997-7546 TIM
(11)99199-2029 CLARO
(11)96230-9281 OI
(11)94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: www.viversemdroga.com.br