Subscribe Now

Trending News

Precisamos falar sobre homofobia e o uso de drogas
Todos artigos

Precisamos falar sobre homofobia e o uso de drogas

A princípio, os temas homofobia e o uso de drogas podem não estar diretamente ligados. No entanto, ambos os assuntos envolvem um problema que aflige pessoas do mundo inteiro: o preconceito.

O isolamento, a não aceitação e a discriminação contra o homossexual pode levá-lo à tristeza, depressão e revolta, sentimentos esses que, muitas vezes, são caminhos mais curtos para o consumo de entorpecentes.

Homofobia e o uso de drogas podem alimentar uma tragédia

O Brasil ostenta o triste título de país que mais assassina homossexuais no mundo. Esse título sombrio é apenas um reflexo de como as pessoas encaram a homossexualidade por aqui. Independentemente de crenças, ideologias e opiniões, o brasileiro ainda caminha a passos lentos neste tema.

Além disso, muitas vezes, a repressão ocorre dentro dos lares, entre pais, filhos e irmãos. O sofrimento psicológico, especialmente em crianças e jovens homossexuais, pode ser o estopim para uma tragédia no futuro.

Ou seja, se a família não aceita o filho da forma que ele é e o trata com discriminação, as drogas podem surgir como a libertação ou a solução dos problemas que ele enfrenta.

O diálogo e o amor são os melhores remédios

A dependência química é uma doença incurável. Ela atinge a qualquer ser humano que faça uso de entorpecentes. É importante ressaltar que a homossexualidade não tem ligação direta ao consumo de drogas. Porém, a dependência química pode ser a consequência de uma fraqueza psicológica, muitas vezes alimentada por repressões e não aceitações dos familiares e da sociedade como um todo.

Por isso, o diálogo, o respeito e o amor são fundamentais para ter uma vida saudável, independentemente de sua orientação sexual. Cabe a cada um de nós, agir de forma compreensiva e enxergar o nosso próximo como o ser humano que é.

Quer entender melhor como os familiares devem se posicionar diante desta situação? Então, confira nossas dicas nos próximos tópicos!

Dialogue sempre

O papel da família é crucial. Os pais devem sempre servir de exemplo e jamais querer impor suas vontades aos filhos, à força. O diálogo é o caminho mais inteligente para ambas as partes compreenderem seus desejos, emoções e sentimentos.

Sente, converse e aprenda a ouvir! Existem tratamentos muito eficazes conta o vício, capazes de trazer o bem-estar de volta para dentro de casa.

Busque novas atividades

Outro ponto fundamental que a família pode incentivar é a pratica de atividades. Seja um esporte, uma leitura, passeios, viagens ou qualquer outra tarefa construtiva que ocupe o tempo do dependente químico e que o afaste do consumo.

Procure por ajuda médica

Infelizmente, a dependência química é um problema difícil de tratar. Mesmo com o apoio familiar, algumas pessoas não conseguem se livrar das drogas por conta própria. Assim, a internação é uma boa alternativa.

Diversas clínicas contam com atendimentos especializados e com equipes capacitadas para realizar um trabalho intensivo e moderno no combate ao vício. É importante que o processo de internação esteja sempre sendo acompanhado pela família e pelos amigos, nessa hora o apoio é fundamental para o dependente.

Tratando-se de homofobia e o uso de drogas, vivemos em um país onde o preconceito ainda é um dos maiores vilões e, muitas vezes, nossas palavras e atitudes podem servir para alimentar um problema sério, que é a dependência química. Sendo assim, é importante conscientizar-se e informar-se sempre, sem esperar que as substâncias tomem conta daqueles que você mais ama!

Gostou do texto? Você enfrenta o desafio de ter algum dependente químico na família? Então, entre em contato conosco. Estaremos prontos para ajudar!

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Viver sem Drogas para conversarmos mais! Contatos:

Duvidas:
(11)2088-1909
(11)97522-6386 VIVO WHATSAPP
(11)95997-7546 TIM
(11)99199-2029 CLARO
(11)96230-9281 OI
(11)94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: www.viversemdroga.com.br

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *