Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Drogas no meio artístico: saiba porque existe
Todos artigos

Drogas no meio artístico: saiba porque existe

De vez em quando a gente ouve falar de casos de drogas no meio artístico, não é mesmo? E muita gente se pergunta por que é tão comum que esse problema aconteça entre famosos.

Mas a bem da verdade, o uso de drogas — sejam lícitas ou ilícitas — está presente em todos os países, nas mais variadas culturas e, inclusive, nos vários níveis sociais. Elas não são uma exclusividade desse ou daquele grupo. A diferença é que, quando o problema atinge pessoas públicas, todo mundo fica sabendo.

Mas, por que mesmo com fama e dinheiro, sucesso e realização profissional, ainda há tantos casos de uso de drogas em determinados segmentos artísticos? É o que você vai descobrir hoje, neste post. Acompanhe!

Por que existem drogas no meio artístico?

As drogas são consumidas pelos mais variados motivos: pelo prazer momentâneo que elas trazem, pelo entorpecimento que causam, pela fuga ilusória dos problemas e assim por diante. Mas elas são a consequência de outros problemas, que também precisam ser tratados. Veja alguns exemplos!

Busca por colocação social

Pessoas comuns buscam fazer parte de um grupo e, às vezes, fazem uso de drogas para se sentirem acolhidas. No mundo artístico não é diferente. Mesmo com a fama há solidão, e eles buscam aplacá-la usando as drogas para serem aceitos.

Pressão social

Viver em um mundo onde todos sabem dos seus passos e julgam suas escolhas pode ser outro gatilho para as drogas. O isolamento e a sensação de torpor podem aliviar momentaneamente esse sentimento de pressão que os artistas sofrem para serem perfeitos e agradarem o público.

Status

Historicamente, foi atribuído um glamour equivocado ao uso de drogas por artistas. Muitos procuram se igualar a seus ídolos imitando seus estilos de vida e usando as mesmas drogas.  Dependendo, inclusive, do público, é muito comum até que algumas pessoas admitam o uso de drogas e exibam isso em suas redes sociais, tentando galgar um status mais alto.

Falsa sensação de criatividade

Outro motivo comum para o uso de drogas é a falsa ideia de que elas aumentam a criatividade. Muitos artistas acreditam que as drogas elevam seus pensamentos, aguçam os sentidos e ajudam no seu desempenho.

Porém, há maneiras mais saudáveis e menos arriscadas de buscar a criatividade, que não comprometem a integridade física e mental do artista. Cercar-se de amigos, viajar e conhecer outras culturas, ter contato com a natureza, ler e se inspirar em outras obras podem trazer o mesmo efeito.

Frustrações

O mundo artístico pode ser generoso com alguns — trazendo fama, sucesso e dinheiro — mas não são todos que chegam ao ápice de suas carreiras com sua arte. Essa frustração pode ser mais um gatilho para o uso de drogas.

Ser rejeitado em uma audição, não ter seu trabalho reconhecido e outras batalhas perdidas pode ser algo muito frustrante para quem quer evoluir nesse meio.

E a frustração, como já se sabe, também pode impulsionar a depressão e consequentemente o contato com as drogas. Como ela é comum no meio artístico, é a causa da dependência de muitas pessoas que atuam nesse segmento.

Quais os sinais de alerta para o problema?

Nem sempre é fácil perceber quando alguém dá os primeiros passos nesse tortuoso caminho, mas alguns sinais de alerta podem ser notados. E, nessa hora, o suporte e o apoio de amigos e familiares ajudam a afastar as pessoas do risco.

Ao perceber alguém isolado, distante das amizades antigas, tendo comportamentos autodestrutivos ou antissociais, aproxime-se dele. Converse, dê apoio e se coloque à disposição para ajudá-lo no que for preciso.

Muitas vezes, quem está suscetível às drogas só precisa ter alguém em quem confiar, especialmente se estiver sob os holofotes da fama.

Drogas no meio artístico são uma triste realidade e podem interromper a carreira de quem tem grandes chances de sucesso. O caminho da exposição, apontando e reproduzindo fofocas, criticando o dependente como se ele não fosse alguém doente e que precisa de ajuda são atitudes que só o empurram mais para baixo.

Se você deseja conscientizar mais pessoas sobre o problema da dependência química e quer ajudar a acabar com preconceitos, compartilhe esse texto em suas redes sociais e converse com seus amigos a respeito!

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Viver sem Drogas para conversarmos mais! Contatos:

Duvidas:
(11)2088-1909
(11)97522-6386 VIVO WHATSAPP
(11)95997-7546 TIM
(11)99199-2029 CLARO
(11)94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: www.viversemdroga.com.br

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

1
Olá, Precisando de ajuda?
Powered by