Cuidado com essas 8 drogas de carnaval

5 minutos para ler
Compartilhe este conteúdo

O álcool é somente mais uma das drogas utilizadas pelos foliões como uma forma de potencializar a sensação de diversão. Porém, saiba que o consumo de diversas substâncias aumenta consideravelmente durante esse período de festas, conhecidas como as drogas de carnaval.

Por isso, é importante ficar atento quanto à disponibilidade das drogas de carnaval e evitar prejuízos a longo prazo na vida de quem amamos.

Quer saber mais? Não deixe de ler!

Drogas de carnaval: o papel de pais e amigos

drogas de carnaval

Dados da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (Polícia Federal) demonstram que em 2008 a apreensão de LSD aumentou em 30 vezes, em relação ao ano anterior. Ou seja, o uso de drogas de carnaval tem crescido.

Além disso, segundo a mesma publicação, em 2006, o Brasil recebeu o “título” de maior consumidor de anfetaminas, conforme relatório realizado pela Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes (Nações Unidas).

Porém, para quem acredita que estes dados não representam a situação atual do Brasil, é válido considerar ainda o aumento superior a 40% de pessoas conduzidas às delegacias no ano de 2016, principalmente em função do tráfico de drogas.

Dessa forma, a realidade retrata a importância da presença de amigos e familiares na conscientização e nos cuidados em relação ao uso de drogas de carnaval.

Veja algumas das substâncias mais comuns e garanta maior mobilização contra às drogas de Carnaval.

Álcool

Você está procurando uma boa clinica? Clique aqui. Se deseja conversar diretamente com um terapeuta sobre clinicas Clique aqui.

É a principal droga utilizada no Carnaval e pode levar à arritmias cardíacas (principalmente a fibrilação atrial). Além disso, o álcool é também a segunda principal droga responsável por mortes relacionadas ao uso de substâncias (perdendo apenas para o tabaco).

Buzina

É vendida livremente em lojas como artigo de barulho e, ao serem inalados, os gases butano e propano produzem alucinações semelhantes ao lança-perfume e o loló. Então, entre seus efeitos, podem causar paradas respiratórias e levar à morte.

Relacionados:  Conheça 5 sinais do vício em videogames

Ecstasy

Também chamado MDMA, bala, pastilha, Helena ou Stacy, o 3-4 metilenodioximetanfetamina é uma substância psicotrópica estimulante sintética, comercializado na forma de comprimido ou cápsula.

Dessa forma, o ecstasy é uma das drogas de carnaval que eleva as sensações de prazer e causa superestimulação (por 4 a 8 horas). Então, efeitos negativos, como tristeza e depressão, são observados em cerca de 24 horas (os chamados “black mondays“).

Lança-perfume

O lança-perfume é o entorpecente mais comercializado entre as drogas de carnaval. Assim, ao ser aspirado pela boca, libera adrenalina no organismo que causa aceleração cardíaca, desinibição, perturbações auditivas e visuais.

No entanto, como tem efeito rápido, a aspiração repetida eleva os prejuízos neurológicos e cardiovasculares, podendo levar à parada respiratória e morte.

LSD

drogas de carnaval

Também denominado ácido ou doce, o LSD é obtido a partir do ácido lisérgico e produzido na forma de cristais que são convertidos em líquido, papel (a forma mais comum), cápsulas ou quadrados de gelatina.

Então, seus efeitos (as “viagens”) podem durar até 12 horas e envolvem distorção de padrão de imagens, visualização de cores mais intensamente e alucinações.

Crystal

É um estimulante que possui outras denominações, como meth, metanfetamina, MD (que não é o MDMA do ecstasy), Tina, entre outros.

Assim, é uma das drogas de carnaval vendida em forma de cristais brancos, incolores, ou açúcar, a droga pode ser fumada, cheirada ou injetada.

Dessa forma, seu uso eleva a energia (e, por isto, é usado em festas e para aumentar o desempenho sexual), a confiança, a impulsividade, reduz a fome, eleva a temperatura corporal e pode causar ataques cardíacos, derrames, coma e até a morte.

GHB

O ácido hidroxibutirato é vendido na forma líquida e comumente associado ao álcool. Porém, seus efeitos podem durar até cinco horas e envolvem sensações de euforia, sedação, reduz a inibição e pode levar à perda de visão periférica, inconsciência, perda de memória e amnésia.

Relacionados:  Como escolher a melhor clínica de reabilitação para um filho?

Special K

Essa substância é também conhecida como cetamina ou quetamina. Então, é uma droga de carnaval de uso recreativo e produz sensações de entorpecimento, dormência, vertigem, efeito hipnótico (com movimentos robóticos), aumento da sociabilidade e das sensações eróticas.

Assim, ela aumenta a agressividade, prejudica a memória a curto prazo e pode levar à parada cardíaca.

Diversas drogas de carnaval são comercializadas livremente. Por isso, atente-se sobre o uso dessas substâncias e minimize as chances de recaídas e prejuízos para seus entes queridos.

Gostou das nossas dicas? Que tal compartilhá-las nas redes sociais?

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Viver sem Drogas para conversarmos mais! Contatos:

(11) 2088-1909

CONTATOS:

(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP

Site Oficial: www.clinicaviversemdrogas.com.br


Compartilhe este conteúdo
Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas.

Duvidas:

(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP Clique aqui.

Site Oficial: https://www.clinicaviversemdrogas.com.br/

Você também pode gostar