Drogas alucinógenas: veja quais são as mais comuns e seus efeitos devastadores

4 minutos para ler
Compartilhe este conteúdo

Fuga, diversão, entretenimento ou apenas a vontade de fazer parte de algo maior e ter aquela sensação de pertencimento? Essa é a pergunta recorrente ao se analisar o uso de drogas alucinógenas pelos jovens atualmente.

A questão é que o uso está cada vez mais popular, principalmente em festas. Essas drogas têm substâncias que alteram o funcionamento do cérebro, provocando alucinações e distorções da realidade.

Em sua maioria, são drogas sintetizadas, ou seja, obtidas por meio de substâncias químicas psicoativas que causam os delírios. Quer entender melhor o que são alucinógenos e quais as principais drogas desse tipo? Continue a leitura!

     

O que são alucinógenos?

São substâncias capazes de alterar a percepção humana. Isso quer dizer que ela afeta a parte sensorial e nervosa do nosso cérebro. Podem ser obtidas naturalmente em plantas que tenham esse tipo de princípio ativo ou quimicamente.

Drogas como LSD, cogumelo ou ecstasy, em um primeiro momento, causam euforia, ânimo e confusão mental. No entanto, à medida que o efeito vai se dissipando, levam à depressão, paranoia e, em alguns casos, psicose.

Esse tipo de entorpecente é facilmente comercializado entre os jovens e faz sucesso nessa faixa etária. É comum vê-los sendo vendidos clandestinamente nas festas frequentadas por esse público. Alguns usam como uma espécie de entretenimento, outros, para fazer parte do status quo.

Quais são as drogas alucinógenas mais comuns?

Existem inúmeras drogas e, até mesmo, plantas que contêm substâncias capazes de distorcer a realidade. Entre as de origem natural, as mais populares são: cogumelos e ayahuasca – bebida amazônica usada em rituais de tribos indígenas. Entre as sintéticas, tem-se: LSD e ecstasy. Conheça um pouco mais a respeito de cada uma delas!

Relacionados:  Qual é a importância das intervenções familiares?

LSD

Você está procurando uma boa clinica? Clique aqui. Se deseja conversar diretamente com um terapeuta sobre clinicas Clique aqui.

Também conhecido como ácido lisérgico, teve o seu uso recreativo impulsionado na década de 60, com a popularização dos festivais de músicas. É uma droga sintetizada a partir de um fungo que cresce em grãos de centeio, cujos efeitos são incontroláveis e variam de acordo com a dose, a frequência e o organismo do usuário.

Após a ingestão do tóxico, o indivíduo se sente mais estimulado, com a sensação de prazer e felicidade, pois ele aumenta o nível de serotonina no cérebro. No entanto, quando o nível diminui, aparecem quadros de depressão, comportamento violento, ansiedade e até tendência suicida.

Cogumelo mágico

Os famosos cogumelos mágicos são compostos por psilocibina – um alucinógeno que também desregula a serotonina do organismo. É capaz de provocar a mistura sensorial. Seu princípio ativo tem sido usado em remédios contra a ansiedade e depressão.

Seus efeitos no corpo vão desde a euforia, nos melhores casos, até vômitos, náuseas e sonolência, nos piores. Passado os efeitos iniciais, o usuário se sente deprimido, ansioso e psicótico.

     

Ecstasy

Popularizado na década de 70, assim como os outros citados, também altera os níveis de serotonina do organismo. Causa mudanças longas e perigosas na química cerebral. É conhecido como droga do amor.

Também gera euforia, aumenta o interesse sexual, a sociabilidade e a extroversão, além da sensação de satisfação. Depois que a droga atinge seu ponto máximo, os efeitos colaterais são: ansiedade, boca seca, alterações de pressão, dificuldades motora e muscular, depressão e psicose.

Utilizar alucinógenos, por quaisquer dos motivos citados, pode levar ao vício, uma vez que as sensações despertadas durante o uso são agradáveis e reconfortantes. Portanto, o usuário vai desejar cada vez mais aumentar o efeito deles no cérebro. Em alguns casos, causam danos irreversíveis ao organismo e, em outros, levam a drogas mais pesadas.

Relacionados:  Você sabe qual é a força dos Doze Passos?

Gostou de saber mais sobre drogas alucinógenas? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e mostre para seus amigos estas informações!

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Viver sem Drogas para conversarmos mais! Contatos:

Duvidas:
(11) 2088-1909
(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP
(11) 95997-7546 TIM
(11) 99199-2029 CLARO
(11) 94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: www.viversemdroga.com.br


Compartilhe este conteúdo
Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas.

Duvidas:

(11) 2088-1909

(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP Clique aqui.

(11) 95997-7546 TIM

(11) 99199-2029 CLARO

(11) 94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: https://www.viversemdroga.com.br/

Você também pode gostar
Conversar com especialista