Como funciona o tratamento da dependência de cocaína?

como funciona o tratamento da dependência de cocaína
7 minutos para ler
Compartilhe este conteúdo

Conhecer sobre como funciona o tratamento da dependência de cocaína é importantíssimo. Isso porque essa substância possui um custo relativamente baixo e uma grande disponibilidade no mundo das drogas. Assim, o abuso dessa substância se transformou em um grande problema de saúde pública em todo o mundo.

Além disso, a dependência da cocaína traz diversos prejuízos, tanto para a saúde quanto para a vida social, econômica e legal de quem a utiliza. Estas são complicações como neuropsiquiátricas, cardiovasculares, perda de emprego, isolamento e prisão, devido ao porte ilegal de drogas.

Por esse motivo, preparamos um artigo com informações sobre o tratamento da dependência de cocaína para que você possa conhecer melhor esse universo. Confira!

     

O que é a cocaína?

Como funciona o tratamento da dependência de cocaína?

Esta droga é uma substância psicotrópica que possui ação estimulante sobre o sistema nervoso central. Quando é utilizada, as pessoas, inicialmente, experimentam uma profunda sensação de euforia, com aumento da autoconfiança e da potência física e intelectual. Posteriormente às manifestações eufóricas, surgem sensações de ansiedade e depressão. Além desses sintomas, também é comum a ocorrência de fortes alucinações.

Outros​ ​efeitos​ ​comuns​ ​são​ ​o​ ​aumento​ ​da​ ​pressão​ ​arterial,​ ​a​ ​elevação​ ​da​ ​frequência respiratória​ ​e​ ​cardíaca,​ ​problemas​ ​de​ ​sono​ ​e​ ​apetite,​ ​ocorrência​ ​de​ ​espasmos​ ​e​ ​aumento​ ​da temperatura​ ​corporal.

Essa droga ilícita pode ser utilizada de três formas, as quais têm influências distintas sobre os efeitos percebidos pelos usuários. Quando é fumada ou injetada, a cocaína chega mais rapidamente ao cérebro. E, como consequência, a velocidade de ocorrência dos efeitos é mais alta. Por outro lado, quando inalada, os efeitos são produzidos mais lentamente.

O que causa a dependência de cocaína?

Como-funciona-o-tratamento-da-dependência-de-cocaína?

Já os motivos​ ​que​ ​levam​ ​à​ ​dependência​ ​de​ ​cocaína​ ​variam​ ​de​ ​pessoa​ ​para​ ​pessoa.​ ​Isto porque cada dependente​ ​chegou​ ​a​ ​este​ ​quadro​ ​devido​ ​a ​questões​ ​ou​ ​problemas​ ​particulares.​ ​No entanto,​ ​existem​ ​algumas​ ​razões​ ​mais​ ​recorrentes,​ ​que​ ​são​ ​comuns​ ​em ​vários​ ​casos.

Aquela​ ​forte​ ​euforia​ ​causada​ ​por​ ​essa​ ​droga​ ​é​ ​um​ ​dos​ ​principais​ ​fatores​ ​que​ ​levam​ ​ao​ ​vício​ ​e​ ​à dependência.​ ​Esta droga​ ​ativa​ ​a​ ​área​ ​do​ ​cérebro​ ​responsável​ ​por​ ​esse​ ​sentimento,​ ​fazendo com​ ​que​ ​o​ ​usuário​ ​o​ ​sinta​ ​de​ ​forma​ ​intensa,​ ​mas​ ​breve.​ ​Assim,​ ​​​o​ ​indivíduo​ ​começa​ ​a buscar​ ​cada​ ​vez​ ​mais​ ​essa​ ​substância​ ​na​ ​tentativa​ ​de​ ​continuar​ ​obtendo​ ​tal​ ​efeito.

Relacionados:  Sintomas da Dependência Química: Aprenda a Identificá-los!
Você está procurando uma boa clinica? Clique aqui. Se deseja conversar diretamente com um terapeuta sobre clinicas Clique aqui.

Como resultado,​ ​questões​ ​que​ ​podem​ ​levar​ ​alguém​ ​ao​ ​uso​ ​de​ ​cocaína​ ​são​ ​a​ ​depressão,​ ​a​ ​pressão de​ ​grupos​ ​sociais​ ​e​ ​a​ ​falta​ ​de​ ​motivação.​ ​Além​ ​disso,​ ​a​ ​impulsividade​ ​e​ ​o​ ​desejo​ ​por​ ​novas sensações​ ​também​ ​podem​ ​ser​ ​fortes​ ​influências​ ​para​ ​isso.

Quais são os efeitos a longo prazo da cocaína?

À medida​​ ​que​ ​a​ ​cocaína​ ​vai​ ​sendo​ ​utilizada,​ ​o​ ​corpo​ ​tende​ ​a​ ​criar​ ​resistência,​ ​o​ ​que​ ​exige uma​ ​quantidade​ ​cada​ ​vez​ ​maior​ ​de​ ​substância​ ​para​ ​produzir​ ​os​ ​seus​ ​efeitos.

Quando​ ​essa​ ​droga​ ​é​ ​usada​ ​por​ ​muito​ ​tempo​ ​na​ ​vida​ ​do​ ​indivíduo,​ ​ocorre​ ​uma​ ​degradação cada​ ​vez​ ​maior​ ​de​ ​sua​ ​saúde.​ ​Dessa maneira, algumas ​ ​consequências​​ ​são​:​​ danificação​ ​de vasos​ ​sanguíneos​ ​coronários​ ​e​ ​cerebrais,​ ​problemas​ ​de​ ​fígado,​ ​rins​, ​pulmões, infertilidade,​ ​disfunções​ ​sexuais,​ ​alucinações​ ​(táteis​ ​ou​ ​auditivas)​ ​e​ ​doenças​ ​infecciosas.

Além​ ​disso,​ ​quando​ ​a​ ​cocaína​ ​é​ ​inalada,​ ​ela​ ​pode​ ​levar​ ​à​ ​destruição​ ​dos​ ​tecidos​ ​nasais​ ​e​ ​à perfuração​ ​do​ ​septo​ ​nasal.​ ​Já,​​ ​se​ ela ​for​ ​injetada,​ ​pode​ ​causar​ ​infecções​ ​e​ ​abscessos. Assim,​ ​o​ ​usuário​ ​dessa​ ​substância​ ​tende​ ​a​ ​ficar​ ​cada​ ​vez​ ​mais​ ​prejudicado​ ​por​​ ela.

Como é feito e como funciona o tratamento da dependência de cocaína?

Como funciona o tratamento da dependência de cocaína

Então, como ocorre o tratamento da dependência química de cocaína? Ele é realizado por meio de uma abordagem multiprofissional. Esta abordagem é composta por medidas farmacológicas e psicoterapêuticas. Ela é realizada a partir de uma parceria entre a equipe de profissionais da saúde, os familiares, os amigos e o próprio indivíduo.

Este tratamento tem como objetivo principal manter o dependente químico abstinente da utilização da droga. Isto é feito a fim de prevenir os problemas sociais e de saúde, consequentes do abuso dessa substância.

Também, como​ ​cada​ ​pessoa​ ​é​ ​única,​ ​o​ ​tratamento​ ​também​ ​deve​ ​ser​ ​personalizado​.​ ​Por isto, deve-se​ ​prestar​ ​atenção​ ​nas​ ​características​ ​do​ ​paciente. Assim, exemplos são​ ​a​ ​personalidade, tipo psicológico, história e relação com a droga (compreendendo, por exemplo, os motivos que levaram ao seu uso).

Desintoxicação do corpo

Nessa etapa, o dependente deve manter uma abstinência da cocaína e de outros tipos de drogas, incluindo o álcool,  maconha e, se possível, o tabaco também. Além de suspender o uso, o indivíduo deve manter-se afastado de outros usuários e, ainda, de objetos que possam remeter à utilização da substância.

Relacionados:  Sabe o que é a anorexia alcoólica? Entenda aqui

Por essa razão, é essencial​ ​destacar​ ​que​ ​os​ ​profissionais​ ​e​ ​a​ ​família​ ​devem​ ​prestar​ ​muita​ ​atenção​ ​durante​ ​a fase​ ​de​ ​abstinência. Isto porque​ ​o​ ​paciente​ ​tende​ ​a​ ​sentir​ ​uma​ ​falta​ ​extrema​ ​da​ ​substância​ ​e​ ​pode ficar​ ​depressivo​ ​ou​ ​até​ ​suicida.​

​Por​ ​isto,​ ​é​ ​fundamental​ ​um​ ​acompanhamento​ ​atento,​ ​junto​ ​a cuidados​ ​físicos,​ ​psicológicos​ ​e​ ​emocionais,​ ​que​ ​ajudem​ ​a​ ​pessoa​ ​a​ ​lidar​ ​com​ ​essas dificuldades. Além​ ​disso,​ ​o​ ​médico​ ​deve​ ​transcrever​ ​apenas​ ​medicamentos​ ​que​ ​não​ ​ofereçam​ ​riscos​ ​de causarem​ ​vício.

Como funciona o tratamento da dependência de cocaína no manejo das complicações

Este tratamento das complicações decorrentes do abuso da cocaína é realizado em conjunto com a fase anterior. Dessa forma, as medidas adotadas nessa etapa vão depender do tipo de complicação desenvolvida por cada dependente. Por isso, varia de uma pessoa para a outra.

     

Reabilitação

Primeiramente, na fase de reabilitação, o indivíduo deve retomar as atividades do seu dia-a-dia ou esquematizar uma nova rotina de afazeres, de forma a não pensar na utilização da cocaína. Além disso, é importante que ele passe a frequentar um grupo de autoajuda e, também, comece um diário com suas sensações em relação à droga.

Desse modo, para a reabilitação do dependente químico, são utilizadas diversas modalidades terapêuticas. Elas são tais como a psicoterapia e o treinamento social e vocacional, as quais podem ser direcionadas tanto ao indivíduo quanto à sua família.

Consequentemente, tanto​ ​na​ ​reabilitação​ ​quanto​ ​no​ ​tratamento​ ​como​ ​um​ ​todo,​ ​os​ ​principais​ ​objetivos são diversos. Eles vão​ ​além​ ​de controlar​ ​a​ ​dependência​ ​e​ ​tratar​ ​os​ ​efeitos​ ​da​ ​droga,​ ​culminando​n a​ ​restauração​ ​e​ ​na​ ​promoção​ ​da saúde,​ ​do​ ​bem​-estar​ ​e​ ​do​ ​amor​ ​pela​ ​vida.

Também vale lembrar que as fases do tratamento podem ser realizadas, em certa medida, ao mesmo tempo. Por exemplo: a psicoterapia e a participação em grupos podem ser muito benéficos desde o começo.

Relacionados:  10 sinais de que seu filho está viciado em drogas

Como funciona o tratamento da dependência de cocaína na prevenção de recaídas

Em seguida, saiba que qualquer pessoa em tratamento da dependência química está sujeita às recaídas. Por isso, para prevenir que elas aconteçam, são identificadas e evitadas situações que possam levar à utilização da droga. Isto é feito conjuntamente com a adoção de uma mudança no estilo de vida do dependente.

Como funciona o tratamento da dependência de cocaína na internação

No entanto, em alguns casos é necessário que o dependente seja internado para realizar o seu tratamento. Geralmente, a internação é feita quando a pessoa oferece perigo para si próprio ou para quem convive a sua volta, quando ela apresenta problemas clínicos ou transtornos psiquiátricos muito graves, ou quando não consegue iniciar e manter a abstinência da cocaína.

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas. Entre em contato para conversarmos mais! Estamos em São Paulo e Minas Gerais.

Dúvidas:
Telefone: (11) 2088-1909

Vivo WhatsApp: (11) 97522-6386

Tim: (11) 95997-7546

Claro: (11) 99199-2029

Nextel: (11) 94262-3311

Site Oficial: www.viversemdroga.com.br


Compartilhe este conteúdo
Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas.

Duvidas:

(11) 2088-1909

(11) 97522-6386 VIVO WHATSAPP Clique aqui.

(11) 95997-7546 TIM

(11) 99199-2029 CLARO

(11) 94262-3311 NEXTEL

Site Oficial: https://www.viversemdroga.com.br/

Você também pode gostar
Conversar com especialista