Todos os dias ouvimos histórias de jovens que se perderam no mundo obscuro das drogas. E não se trata apenas de filhos de famílias desestruturadas ou pais negligentes quanto à educação. Muitas vezes, as mudanças de comportamento que indicam que seu filho está envolvido com drogas são tão sutis que podem passar despercebidas.

Também existe uma grande barreira psicológica que faz com que alguns pais simplesmente relutem em aceitar o problema já instalado. Quanto mais cedo for iniciado o tratamento, maiores as chances de recuperação total.

Se você tem notado mudanças no comportamento do seu filho, talvez esteja na hora de vencer seus próprios preconceitos e medos e buscar ajuda profissional. Embora cada organismo reaja de uma forma, listamos abaixo 5 sinais que podem indicar o envolvimento de seu filho com as drogas.

1. Queda no rendimento escolar

Se o seu filho sempre foi um bom aluno (ou tirava notas razoáveis) e de uma hora para outra aparece com notas baixas, faltas injustificadas e recusa-se a estudar e fazer as tarefas, é sinal de que algo estranho está acontecendo.

O mesmo pode ocorrer em relação ao trabalho, caso ele já tenha um emprego. Esse desinteresse repentino pode estar associado ao uso de entorpecentes.

2. Isolamento e mudança de amigos e interesses

Se o seu filho inexplicavelmente se afastou do convívio familiar e dos amigos antigos, é melhor ficar atento. O jovem passa a encontrar prazer e satisfação somente na substância, e outras atividades acabam perdendo a graça. É comum também que passe horas a fio trancado em seu quarto.

Uma nova turma de amigos sugere que houve uma mudança nos interesses do adolescente. Pode ser que ele abandone o hábito de praticar esportes ou tocar um instrumento, sem que adquira novos hobbies. Isso acontece porque o único interesse de um jovem dependente é a droga.

3. Mudanças constantes de humor e maior agressividade

É comum que os jovens mudem de humor com frequência, e isso pode não ter relação nenhuma com o uso de drogas. Mas se você tem notado que seu filho responde com agressividade quando questionado sobre onde esteve ou quando algo estranho é encontrado entre seus pertences, preste atenção.

Muitas vezes, a agressividade tem mais relação com os esforços para esconder o vício do que com os efeitos da droga.

4. Alterações do sono

Se o seu filho anda dormindo mais do que costumava dormir ou passa noites em claro, isso pode ser um alerta.

Algumas drogas causam sonolência, enquanto outras causam insônia. Tente conversar com o seu filho sem pressioná-lo ou cobrá-lo em um primeiro momento.

5. Mudança dos hábitos financeiros

Se o seu filho lhe pede mais dinheiro do que costumava gastar ou se você vem sentindo falta de alguns objetos da casa, pode ser que ele esteja usando drogas.

Um dependente precisa de cada vez mais dinheiro para sustentar seu vício e, em estágios mais avançados, começa a furtar objetos da própria casa.

Essas foram algumas mudanças de comportamento que podem indicar que alguém esteja usando drogas.

Se você gostou deste post e quer alertar outros pais sobre esses comportamentos, compartilhe-o em suas redes sociais.

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de álcool e drogas. Entre em contato para conversarmos mais!

(11)2088-1909

(11)97522-6386 VIVO WHATSAPP

(11)95997-7546 TIM

(11)99199-2029 CLARO

(11)96230-9281 OI

(11)94262-3311 NEXTEL

Confira mais informações em nosso site :  www.viversemdroga.com.br

Saiba mais sobre:

*Como funciona uma Clínica de Recuperação? Clicando Aqui

*Internação Involuntária. Clicando Aqui